Biografia

Natural do Porto, cresceu na Trofa.

Iniciou os seus estudos em trompa na Artave. Estudou também na Escola Superior de Música de Lisboa, na classe de Jonathan Luxton, e Hochschule für Musik em Hamburgo, com o Prof. Ab Koster. Frequentou aulas e masterclasses com Radovan Vlatkovic, Hermann Baumann, Javier Bonet, Bruno Schneider, Stefan Dohr, Froydis Ree Wekre, Philip Myers, Fergus McWilliam, Hervé Joulain, Will Sanders, Jasper de Waal, Zdenek Tylsar, entre outros.

Foi-lhe atribuída uma bolsa de mérito pelo Instituto Politécnico de Lisboa e foi bolseiro da Fundação Calouste de Gulbenkian.

É membro da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música. Como músico convidado apresentou-se com todas as principais orquestras portuguesas e com várias espanholas.

É professor na Universidade de Aveiro e na Escola Profissional de Música de Espinho. Orienta frequentemente masterclasses em Portugal e no estrangeiro. É regularmente convidado para júri de concursos nacionais e internacionais, esteve em concursos em Portugal, Espanha e Finlândia.

Apresentou-se como solista, em recital, em música de câmara e em orquestra em vários países da Europa, Brasil e México.

Foi premiado com o 1º Prémio no Concurso Internacional Philip Farkas organizado pela Sociedade Internacional de Trompistas em Lahti, Finlândia, em 2002.

A sua discografia conta com vários trabalhos a solo, em música de câmara e como músico de orquestra.

Tem mantido um relacionamento estreito com vários compositores no sentido de alargar o repertório original para o instrumento, tendo estreado inúmeras obras. Os compositores Sérgio Azevedo, Telmo Marques, Luís Carvalho e Liduino Pitombeira dedicaram-lhe obras.

É membro fundador do quarteto Trompas Lusas. O agrupamento apresenta-se com frequência em concertos em Portugal e no estrangeiro.

J. Bernardo Silva é artista Dürk-Horns e Romera Brass.

J Bernardo Silva_biografia_2018